Desenvolvendo a Auto-Estima (Parte II)


IV) Três ladrões da Auto-Estima
1. Seus sentimentos - Os sentimentos não podem dominar você, eles devem ser dominados.
2. As circunstâncias - Seu contentamento não pode estar condicionado às circunstâncias da vida (Hebreus 3:17-18)
3. A opinião dos outros - A opinião dos outros não pode estar acima da opinião de Deus e da sua própria opinião. Toda pessoa que é escrava das opiniões dos outros tem problemas de complexos.

V) Auto-Imagem e Identidade
1. Nossa identidade é o que realmente somos em qualquer lugar.
2. Nossa identidade é o que realmente somos não importa com quem estejamos.
3. O HOMEM tende a ganhar significado através do trabalho.
4. A MULHER tende a ganhar sua auto-estima por meio do seu relacionamento.

VI) Motivos pelos quais muitas pessoas tem a auto-estima negativa
1. Quando aprendem uma falsa ideologia.
2. O pecado (O sentimento de culpa destrói a auto-aceitação)
3. Experiências passadas.
4. Relacionamento entre pais e filhos (críticas infundadas, falta de elogio, falta de carinho, superproteção, pais dominadores, etc).
5. Expectativas irreais.
6. Pensamentos errados. (Exemplos: “Ninguém gosta de mim...”, “Não valho nada...”).
7. Influências da sociedade longe de Deus.

VII) Seis Níveis de Expressão de Auto-Imagem da “Mulher descrita na passagem de Cantares”

A afirmação diferenciada que um cônjuge faz do outro é sempre geradora de auto-imagem naquele que a ouve e que a recebe para si.

1. Em relação a sua aparência. (Cantares 1:5) – Mesmo a eventual cor da sua pele, excessivamente queimada de sol, não lhe tira a certeza da beleza.
2. Em relação ao seu ego.
3. Em relação à posse (Cantares 2:16) – “O meu amado é meu...” Sulamita, de Cantares, é mulher segura e de firmes convicções. Não se julga incapaz de despertar o amor, como sucede com muitas pessoas que, porque não se amam, nunca admitem que são amadas, pois quem não se ama jamais se vê como capaz de despertar amor ou admiração em alguém.
4. Em relação à entrega (Cantares 7:10) – “Eu sou do meu amado...”.
5. Em relação à ausência (Cantares 7:10) – “Ele tem saudades de mim...” Outra vez, Sulamita aparece como uma mulher consciente de que a sua ausência gera saudades e desejo no companheiro. Estar longe dela é estar carente; é estar com menos, é ser infeliz, é estar incompleto.
6. Em relação ao caráter (Cantares 8:10) – Por último, ela se afirma como conhecedora do tipo de caráter de que é tecida.

Se amem, confiem primeiro em Deus que tem a Sua vontade perfeita e agradável para a sua vida, e depois confiem em si mesmos. Todos nós temos defeitos, mas acima de tudo temos muitas qualidades, as quais certamente completarão a nossa outra metade.

Todos os dias se olhem no espelho e vejam o quanto são lindas, e veja em vocês a imensa capacidade de amar e ser amada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muito feliz quando você deixa um comentário:

Venha nos acompanhar...