Como saber se Deus realmente perdoou o meu pecado?



Sempre que peco em alguma coisa, fico me perguntando se realmente Deus me perdoou. Esse sentimento fica remoendo meu coração e eu fico muito mal. Como saber se Deus realmente perdoou meu pecado? Existe alguma forma de saber isso?
Como saber se Deus realmente me perdoou?
Meninas, existem sim algumas formas de sabermos se Deus perdoou um pecado que cometemos. A Bíblia nos dá essa resposta de forma clara e precisa. Em minha opinião, podemos saber se Deus nos perdoou observando três coisas:


1. VOCÊ SE ARREPENDEU E PEDIU PERDÃO A DEUS?
A primeira coisa a observarmos é se em nosso coração existe o arrependimento sincero do pecado que cometemos. Muitas pessoas pedem perdão apenas da boca para fora, esquecendo-se que Deus vê o coração. A Bíblia nos orienta a confessarmos o nosso erro a Deus: Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:9).
2. VOCÊ CRÊ QUE DEUS PERDOA O ARREPENDIDO?
O texto bíblico citado acima mostra que “…ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:9). Ou seja, Deus perdoa o arrependido, purificando-o de toda a injustiça do pecado que cometeu. Deus chama o pecador a uma mudança e garante o perdão: “O SENHOR Deus diz: “Venham cá, vamos discutir este assunto. Os seus pecados os deixaram manchados de vermelho, manchados de vermelho escuro; mas eu os lavarei, e vocês ficarão brancos como a neve, brancos como a lã.” (Isaías 1:9). Assim, é preciso crer que Deus perdoa para que sintamos em nosso coração o perdão de Deus!
3. VOCÊ PERDOA O SEU PRÓXIMO?
Além de pedirmos perdão com sinceridade e cremos que Deus nos perdoa, Deus exige que façamos como Ele. A única barreira para Deus perdoar alguém é quando essa pessoa não perdoa seu próximo. Observe que Deus impõe uma condição para “liberar” o Seu perdão: e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores (…) Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.” (Mt 6:12, 14-15).
Obedecendo a esses critérios tenho certeza que sentirá em seu coração claramente o perdão de Deus. Mas é importante observar que, a principal ação do diabo para confundir-nos com relação ao perdão de Deus, é justamente nos tentar a cultivar a culpa e a dúvida de que Deus realmente nos perdoou.
E para concluir, creio que caiba a palavra que Jesus costumava dizer àqueles a quem perdoava: Vai e não peques mais…” (Jo 8:11).

Um comentário:

Fico muito feliz quando você deixa um comentário:

Venha nos acompanhar...